Cães NÃO sentem Ciúmes !

18e

Pessoal, é muito comum ouvirmos com frequência quem viu ou tem um cão ciumento:

“quando minha filha chega perto de mim, a Shakira começa a rosnar e latir”

“olha, melhor não chegar perto por que meu cão é ciumento, ele até mordeu minha namorada”

Mas afinal, façamos duas perguntas importantes: O que é ciúme ? Os cães realmente sentem ciúmes ?

CIÚME
substantivo masculino
  1. 1.
    estado emocional complexo que envolve um sentimento penoso provocado em relação a uma pessoa de que se pretende o amor exclusivo; receio de que o ente amado dedique seu afeto a outrem; zelo (mais us. no pl.).
  2. 2.
    medo de perder alguma coisa.

Como definido acima, o ciúme se resume em exclusividade, dedicação, medo de perder algo/alguém, etc. A partir deste ponto, temos um divisor de águas; o modo de pensar dos cães VS o modo de pensar dos seres humanos.

Inicialmente, muito importante considerarmos que um grande diferencial entre cães e homens é a conceituação de Moralidade. Cães, animais de um modo geral, são AMORAIS (desconhecem o certo ou o errado) e desprovidos de CULTURA ( o cães são cães em qualquer lugar do mundo – a maneira de urinar no poste aqui no Brasil é a mesma em Botswana, Bagdá, Milão, Okinawa, etc.) – o exemplo exclui o contexto de controle sanitários e de zoonoses de cada país, a ênfase é a mente canina.

Logo, nós humanos, conceituamos o MORAL e o IMORAL e o que define isso são nossas percepções e experiências culturais. (certamente, um sujeito urinar no poste aqui no Brasil, embora contravenção penal, possa passar batido ou ser tido como aceitável, dependendo da região – ao passo que isso feito em Washington, pode gerar sérios transtornos ao cidadão).

Portanto, podemos entender que Ciúme é um sentimento Humano, pois, a moralidade nos é relevante enquanto seres sociais e não admitimos a possibilidade de perder alguém querido(a) para outrem; esse medo encontra raízes nos rótulos que podem ser atribuídos, tal como “Corno” e demais termos comuns no linguajar popular.

E os Cães ? o que pensam a respeito ? Será que o macho sente ciúme da fêmea quando outro macho de aproxima ?

A resposta é NÃO !!!

zuc5y4

Desculpem, mas a resposta é essa mesma: Cães não sentem ciúmes !!! E além de ser Chato, gosto ainda mais de entender o comportamento canino baseado na ciência, no estudo e nas leituras técnicas – não segundo nosso enganoso coração humano. – aliás, publicarei em breve, uma matéria a respeito do porque há tantos animais  com problemas comportamentais nesse mundo – sim, nosso coração é um dos principais culpados, já adianto.

Pessoal, cães não sentem ciúmes; isso é um erro que cometemos: pensar que os cães pensam como nós ! Cães são seres cuja relação social é instintiva e hierarquizada. Os principais objetivos, motivadores nessa relação, são a sobrevivência e a propagação da prole. Portanto, se um macho adota uma postura agressiva quando outro cão se aproxima de uma fêmea/ninhada ou alimento/ recurso, e, seu território, o que temos é a proteção daquilo que garante sua sobrevivência a continuidade de sua criação.

O mesmo se aplica quando estamos num cenário doméstico; ou seja, ao se aproximar do dono, da casinha, da gamela ou do brinquedo de um cão, a probabilidade de haver uma reação agressiva passa a existir, podendo variar para mais ou para menos, dependendo da raça, idade e hábitos/ experiências vividas pelo canino – casos como esse são prevenidos com filhotes bem socializados, ambientados e com donos cientes do papel de liderança que devem ter em seus lares – incluindo seus animais de estimação.

Os itens listados significam ao ser em estudo um RECURSO garantidor de sua sobrevivência; a grande diferença é o ambiente; no primeiro, nos referimos a um habitat mais próximo do natural e noutro, nos referimos a um lar humano – o fato é que o animal é o mesmo e, portanto, seus instintos também !

A conclusão que podemos extrair dessa análise (que tem tudo para render críticas e protestos) é que o “X” da questão está na interpretação do contexto. Ambos os seres (nós e os cães) temos uma fixação por algo ou alguém – algo que move nosso ciúme ou a instinto de preservação do recurso canino; a diferença está no que propulsa essa motivação: no nosso caso, é a nossa conceituação de moralidade, que de acordo com a cultura que temos, nos semeia o sentimento do ciúme – no caso dos cães é o instinto de preservar aquilo que é necessário para se reproduzir, sobreviver e continuar a existir.

Sres e Sras: gostaria de desde já, reforçar que respeito a opinião de todos – discordando de muita coisa – não intenciono ferir o sentimento ou a pessoa de ninguém e faço questão de debater com finalidades produtivas: transformar nossa cultura com animais de estimação em algo mais maduro.

LIDERE A MATILHA !

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: